Um dia no Brasil, depois da aventura pela Espanha.. e malas prontas para o primeiro trail nos EUA. Correr o Oregon Coast 50K me mostrou uma comunidade de corredores que desfruta e celebra sem exigir. Pela costa do Pacífico, descobri gente que corre pelo simples fato de correr.. meu tipo preferido de gente! Um evento especial, que terminou junto ao mar, com um pôr do sol de tirar o Fôlego

Atravessei o Atlântico para correr uma das provas mais desafiadoras da Europa. A Ultra Pirineu cruza a cadeia de montanhas que divide a França da Espanha, numa rota medieval, por onde os Cátaros fugiam da fogueira da Inquisição

Fui até BH para uma palestra e aproveitei para conhecer esta crista de montanha belíssima, super acessível de quem mora na capital mineira. Um treino duro, mas que proporcionou imagens belíssimas

Ele me deu segurança para encarar a montanha novamente, preservando o meu tornozelo. É um calçado estruturado, com grip intermediário, super estável e com liberdade no Toebox. Um achado!

O K42 Colômbia foi fascinante! Dentre as montanhas proibidas do Parque Nacional dos Farallones, lugar de refúgio das FARC.. Uma floresta equatorial densa e aclives brutos que tornaram a prova um desafio de gente grande.

Diego Zarba, o idealizador e proprietário da série K conta por que não tivemos K42 Brasil em 2016 e ainda nos dá um panorama sobre a série, que é um dos maiores circuitos de corrida de montanha do mundo.

<div id="content" class="style-scope ytd-expander">Enzo Amato fez o K21 Maresias. Uma prova belíssima, mas extremamente dura, cheia de subidas íngremes e percurso desafiador. Acompanhe a cobertura do Programa Fôlego.</div>

<div id="content" class="style-scope ytd-expander">Ela é a prova de trail mais gelada do Brasil.. mas também se mostrou desafiadora e cheia de paisagens fantásticas. A cobertura dos 45km na Serra Catarinense está imperdível</div>

O Enzo Amato agora é colaborador do Programa Fôlego. Ele esteve nos 100 k da Ultra Fiord em 2015 e voltou neste ano para completar os 70K. Veja como foi a participação dele nesta que é uma das provas mais desafiadoras do planeta

Ele é o tênis mais rápido da adidas, praticamente um cavalo de corrida. Rústico, seco, sem frescura e com algumas modificações do seu modelo anterior! Confira o que eu achei do adidas Adios 3